plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Cargos e Carreira: Após adicionais, governo prepara promoções para servidores da saúde

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Governo do Estado, por meio da Secretarias de Estado de Saúde e da Administração e Desburocratização, anunciou nesta quarta-feira (31), que 2.611 servidores ativos serão beneficiados a partir do mês de maio, adicionais de função previstos na Lei 5.175/2018, que aprovou o Plano de Cargos e Carreiras das categorias. Este é mais um compromisso realizado pelo governo visando potencializar a valorização dos servidores. O impacto na folha de pagamento da Saúde será de R$ 2,5 milhões mensal, chegando a R$ 34 milhões anual.

Secretários de Saúde e de Administração anunciam nova etapa de enquadramento funcional

Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, as tratativas foram retomadas há três meses. “Como o nosso governo conseguiu superar alguns entraves, inclusive em relação a limite, o governo está sinalizou para que o PCCS seja cumprido e que nós possamos de fato, já a partir da competência de abril para recebimento em maio, no enquadramento, atender os nossos servidores. Assim, o governo está fazendo um esforço para atender a área de saúde, neste momento da pandemia, em que nós tivemos muitas perdas de nossos profissionais”.

Segundo a secretária de Estado de Administração e Desburocratização Ana Carolina Araújo Nardes, o governador Reinaldo Azambuja tem se mostrado muito sensível com as solicitações dos servidores da Saúde. “Conversei com o governador, que nos autorizou a implementar o gatilho agora na folha, serão R$ 2.563.000,00/mês que corresponde ao impacto anual de R$ 34 milhões. É importante que a gente diga, que é um valor expressivo e que a gente vai começar a incrementar e entendemos que seja merecido”.

Outra boa notícia anunciada foi quanto as promoções da saúde que sairão ainda neste ano. “Nós já fizemos agora as por antiguidade e estamos trabalhando para implementar as por merecimentos que sairão também agora. É importante dizer, que é a única carreira que nós fizemos as promoções até agora, de antiguidade e merecimento, as outras, nós não estamos fazendo esse ano”, esclarece Nardes.

O pagamento das licenças prêmio que estava sendo pagas parceladas passarão a ser pagas em parcela única. “O governador Reinaldo Azambuja, me autorizou a fazer o pagamento das licenças prêmio. Vamos retirar essas parcelas e a partir de maio, vamos depositar de uma só vez. Aqueles servidores que estão aposentando e tem esse direito do passado, a gente vinha sem a possibilidade de fazer esse pagamento à vista, e vinha parcelando, mas agora, temos essa autorização”, lembra a secretária de Administração.

As boas notícias não param por aí, para abril há um outro compromisso de início de discussão sobre a revisão geral anual da Saúde. “É importante dizer que talvez, a expectativa de todos vocês, não seja aquela que nós vamos conseguir suprir, mas é importante que vocês entendam, que não é um assunto que está fechado. Está aberto e a partir de agora vamos pautar. Quando a gente fala de revisão geral anual, ela impacta de forma geral e atinge a todos os servidores e o impacto dela é substancial por atingir a todas as carreiras”, pontua Nardes.

Para reforçar o compromisso do governo com os servidores da saúde, o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Sérgio Murilo, se pôs à disposição para que nas próximas semanas possa iniciar uma série de debates para discutir e equalizar as demandas. “Já temos uma orientação do governador, vamos começar primeiro pela Saúde, vamos estar presente e desta mesma forma vamos conversa com a outras categorias. Vamos discutir com uma matriz de responsabilidade”.

Cargos e carreiras

Aprovado em lei em 2018, o Plano de Cargos e Carreira da Saúde pode ser colocado em prática agora, uma vez que o Governo do Estado saiu do limite prudencial de gastos com pessoal previstos da LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal).

“Algumas situações em benefício dos servidores foram implementadas à época, quando a lei foi aprovada em maio de 2018, e outras ficaram para quando o governo saísse do limite prudencial, o que aconteceu agora. Por isso, a implementação será feita”, explicou a secretária.

Representante do Sintts, Ricardo Bueno agradeceu o empenho da secretária Ana Nardes, do secretário Geraldo Resende e do governador Reinaldo Azambuja. “O sindicato faz a luta, mas a caneta é do governador”, disse ele ao comemorar a implementação do Plano de Cargos e Carreiras.

Rodson Lima, SES

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.