plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

24 de abril de 2024 - 11:45

Bonito busca recursos para preservação das águas

O município de Bonito, representado pelo secretário Turismo, Indústria e Comércio de Bonito, Augusto Barbosa Mariano, está buscando alternativas para manter a qualidade dos rios da região. Na última semana o turvamento do Rio da Prata após chuvas fortes, em alguns atrativos de Jardim, cidade vizinha a Bonito, que junto com Porto Murtinho, Miranda e Bodoquena compõe a Serra da Bodoquena, reacendeu as discussões sobre a necessidade de medidas mais concretas para manter a integridade desses rios.

Secretário Augusto Mariano com autoridades na Agência Nacional de Águas (ANA), em Brasília. Foto: Divulgação

O Rio Formoso, um dos principais de Bonito, por exemplo, tem passado por situações semelhantes já há algum tempo, quando ocorrem chuvas mais intensas na região. Cada vez que as águas cristalinas, seja do Formoso, Mimoso, Rio da Prata, mudam de cor com as chuvas, vários questionamentos são levantados, desde quem seria o culpado até o que fazer para evitar que isso se repita.

Nesta terça-feira (27) uma reuniões em Brasília, entre o secretário Augusto Mariano e autoridades ligadas ao setor, na Agência Nacional de Águas (ANA)  e na Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO) tiveram como finalidade buscar recursos para o desenvolvimento de projetos para preservação da qualidade das águas dos rios e afluentes que compõem a bacia hidrográfica da região.

Secretário durante reunião na Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste (SUDECO). Foto: Divulgação

“As reuniões sinalizaram para a liberação de recursos, na medida em que existe alinhamento para as soluções ambientais propostas”, afirmou o secretário Augusto Mariano. “Estamos articulando uma ampla cooperação em prol da sustentabilidade de Bonito e da região, esperando já para início de dezembro próximo a aprovação do projeto”, finalizou.

Na ANA o encontro contou com as participações do superintendente de Implementação de Programas e Projetos da ANA, Tibério Pinheiro; do assessor de Gabinete do Ministro Marun, Aldemir Silva Almeida; do superintendente da SUDECO, Marcos Derzi  e de Luiz Oliveira, presidente do Instituto Espinhaço e na SUDECO com os superintendente Marcos Derzi e o diretor de Planejamento e Avaliação, Roberto Postiglione.

Os entendimentos mantidos utilizaram diagnósticos levantados pelas organizações e profissionais da área ambiental, incluindo imagens de drones e de satélites que são atualizadas em intervalos de 48 horas.

Com informações de Prefeitura de Bonito

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *