plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Institucional

FM Educativa [ AO VIVO ]

29 de março de 2023 - 22:31

Bom Dia Campo Grande: em 8 meses, MS é o segundo Estado em geração de empregos no país

Dado foi comentado na Educativa 104.7 FM por Enelvo Felini, diretor-presidente da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul
Enelvo Felini apontou que maioria das nvoas vagas é destinada a jovens entre 18 e 24 anos. (Foto: Pedro Amaral/Fertel)
Enelvo Felini apontou que maioria das nvoas vagas é destinada a jovens entre 18 e 24 anos. (Foto: Pedro Amaral/Fertel)

Entre janeiro e agosto deste ano, Mato Grosso do Sul criou 18.166 empregos formais, ficando na segunda posição nacional na geração de postos de trabalho –justamente em meio a uma crise que afeta os trabalhadores em todo o país. Para falar sobre o tema, o Bom Dia Campo Grande desta segunda-feira (30) recebeu o diretor-presidente da Funtrab-MS (Fundação de Trabalho de Mato Grosso do Sul), Enelvo Felini, que apresentou também ações realizadas pelo órgão visando a qualificação da mão-de-obra e as expectativas para os próximos meses na criação de oportunidades.

Enelvo lembrou que os dados foram divulgados na semana passada pelo governo federal, sendo comemorados no Estado e que, nas próximas semanas, será aberta a temporada de contratações no comércio tendo o foco das vendas de final de ano. “Serão mais de 100 mil pessoas admitidas no Brasil. O nosso comércio está em quarto (na geração de empregos) nos primeiros oito meses, sem um resultado positivo. Acreditamos que, de outubro a dezembro, seja a fez de ele elevar as contratações”, disse à Educativa 104.7 FM.

Segundo ele, nesta segunda-feira (30), a fundação iniciou o dia 739 vagas de trabalho pelo Estado, sendo 222 em Campo Grande. “Por todas as nossas 31 unidades no Estado, passam em torno de mil pessoas por dia, um número altamente significativo”, afirmou. Para atender a demanda, a Funtrab mantém uma equipe que circula pelas cidades à procura de empresários para realizar a intermediação. “Quanto antes colocarem a vaga à disposição, melhor”, destacou.

A Funtrab realiza a intermediação da mão de obra junto aos contratantes. Enelvo explicou que o processo começa quando uma empresa solicita um profissional. O banco de dados da fundação é analisado e são apresentados três currículos ao empresário, que seleciona quem será convocado. “Procuramos selecionar não o ‘amigo do amigo’, mas sim o mais qualificado, com o perfil mais adaptado. É o nosso papel”, salientou. O processo é totalmente gratuito.

O trabalho resultou em uma média de empregabilidade superior ao dobro da média nacional, que neste ano teve alta de 1,55% na geração de postos de trabalho (foi de 3,6% no Estado). Segundo Enelvo, o maior volume de contratações ocorre entre trabalhadores de 18 a 24 anos, seguido daqueles entre 25 e 29, dentro de esforços para abertura de oportunidade do primeiro emprego. “Estão dando de 10% a 20% (das vagas) para o primeiro emprego, formando trabalhadores nos moldes da empresa”.

Além disso, o perfil dos contratados inclui Ensino Médio completo, ao passo que a média salarial de mais da metade dos profissionais está entre 1 e 1,5 salário mínimo (entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil), equivalente a mais de 50% das vagas preenchidas.

Setores

Das mais de 18 mil vagas abertas em oito meses no Estado, 11.418 são do setor de serviços –que incluem serviços médicos, transporte, comunicações e outros. O agropecuário, com aumento das lavouras, apareceu na sequência. “E acredito que vai crescer no trimestre final porque começa o plantio no próximo mês”, disse Enelvo. O terceiro lugar coube à indústria de transformação, seguida do comércio, construção civil e, em último, a administração pública, “que quase não vem contratando e, na verdade, vem diminuindo as admissões”.

O desempenho dos serviços é visto, também, como uma reação da economia. “Quando o setor começa a ser ativado, demonstra que a economia está aquecida”, opinou.

Além da intermediação, o diretor-presidente salientou que a Funtrab também atua na qualificação dos profissionais, por meios próprios ou em convênios com diferentes instituições na sua Casa de Qualificação –localizada na rua 7 de Setembro, Centro da Capital. Cursos como Auxiliar Administrativo, Alimentação, Desossa e Confeitaria estão entre as atividades oferecidas no momento. Outros treinamentos serão iniciados em breve, frisou ele.

“Nós nunca paramos. É determinação do governador Reinaldo Azambuja que continuemos a qualificar as pessoas”, afirmou. Nesse sentido, seguindo um movimento já comum no início de cada ano, cerca de 150 pessoas receberão treinamento para atuarem como operadores de trator, que devem acompanhar os 3 mil indígenas que seguirão para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina para atuarem na colheita de maçãs por 90 dias.

“O operador de trator ganha bem mais e eles precisam dessa mão de obra. Já sentamos com as empresas e elas acreditam precisar entre 150 e 200 operadores”, explicou.

Diretor-presidente da Funtrab destaca importância da qualificação na busca de oportunidades de trabalho. (Foto: Pedro Amaral/Fertel)
Diretor-presidente da Funtrab destaca importância da qualificação na busca de oportunidades de trabalho. (Foto: Pedro Amaral/Fertel)

Trata-se de um segmento de trabalhadores temporários, semelhante ao que se registra no comércio no período de fim de ano. Este setor, ainda segundo Enelvo Felini, deve estar aquecido em 2019: a expectativa é de que será o melhor fim de ano para admissões temporárias em 5 anos.

“Estamos com um estoque de desocupados no Estado de aproximadamente 117 mil pessoas. Temos de baixar esse número de 100 mil, e estamos trabalhando para isso”, destacou o diretor-presidente, que crê, ainda, na efetivação de muitos desses profissionais. Nesse sentido, a fundação também manteve conversas com a Fecomércio-MS para analisar a demanda quanto a qualificação.

Pessoas que estejam em busca de oportunidades no mercado podem procurar as 31 unidades da Funtrab-MS para se cadastrar. Em Campo Grande, a central de atendimento funciona na rua 13 de Maio, 2.773, Centro, das 7h30 às 17h30. Os interessados devem comparecer portando carteira de identidade, CPF e Carteira de Trabalho, entre outros comprovantes de experiência. O currículo não é necessário neste momento. O cadastro deve ser renovado a cada 90 dias.

Sintonize – Com produção de Rose Rodrigues e Alisson Ishy e apresentação de Maristela Cantadori e Anderson Barão, o Bom Dia Campo Grande permite a você começar o seu dia sempre bem informado, por meio de um noticiário completo, blocos temáticos e entrevistas sobre assuntos variados. O programa vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 7h às 8h30, na Educativa 104.7 FM e pelo Portal da Educativa.  Os ouvintes podem participar enviando perguntas, sugestões e comentários pelo WhatsApp (67) 99333-1047 ou pelo e-mail reporter104fm@gmail.com.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *