plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

26 de maio de 2024 - 15:06

Bom Dia Campo Grande aborda a Operação Pantanal do Projeto Rondon

Tenente-coronel Marcelo Martins Soares, coordenador regional da Operação Pantanal, e a professora Cintia Hansen foram os entrevistados do Bom Dia Campo Grande. (Foto: Julia Torrecilha)
Tenente-coronel Marcelo Martins Soares, coordenador regional da Operação Pantanal, e a professora Cintia Hansen foram os entrevistados do Bom Dia Campo Grande. (Foto: Julia Torrecilha)

A primeira ação do Projeto Rondon, denominada Operação Piloto ou Operação Zero, aconteceu em julho de 1967. A iniciativa contou com a participação de 30 alunos e dois professores da Universidade do Estado da Guanabara (atual Universidade do Estado do Rio de Janeiro), da Universidade Federal Fluminense e da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, que realizaram trabalhos de levantamento, pesquisa e assistência médica no território de Rondônia.

Em 1989 terminou a primeira fase do projeto. A ideia foi retomada em 2005, com a participação de professores e alunos universitários, de diferentes áreas do conhecimento, com atividades em municípios brasileiros previamente selecionados.

Neste mês de julho, entre os dias 6 e 21, está ocorrendo a “Operação Pantanal” do Projeto Rondon. A meta é levar a doze municípios de Mato Grosso do Sul ações de orientação à população em várias áreas do conhecimento. Um total de 252 rondonistas, entre professores e estudantes de 25 instituições de ensino superior do país, participam de atividades em saúde, assistência social, tecnologia, turismo e educação.

Os alunos atuam como agentes multiplicadores nas oficinas de treinamento disponibilizadas para as comunidades atendidas pelo projeto. As instituições parceiras da Operação Pantanal são a Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e a Univali (Universidade do Vale do Itajaí).

Quem explicou melhor os objetivos e estratégias do Projeto Rondon, no programa Bom Dia Campo Grande, da 104.7 FM Educativa, foi o tenente coronel Marcelo Martins Soares, coordenador regional da Operação Pantanal, e a professora de comunicação da Univali, Cintia Hansen.

“Desde 2005 o projeto Rondon tem uma nova filosofia. A proposta é de o estudante exercitar seus conhecimentos e a cidadania, e de priorizar a capacitação e a sustentabilidade, incentivando a formação de multiplicadores por meio das oficinas educativas”, afirmou o tenente coronel.

Cintia Hansen complementou a finalidade do programa, enfatizando que o público alvo das oficinas “são agentes de saúde, representantes dos setores da educação e segurança, e líderes comunitários, que vão multiplicar os conhecimentos adquiridos”.

Para os estudantes que participam do projeto “é uma experiência de transformação, que vai além do certificado emitido, é uma experiência de aprendizado e cidadania”, afirmou a professora da Univali.

Seleção dos municípios beneficiados pelo projeto Rondon – As cidades são escolhidas a partir de fatores como o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), proximidade das unidades do Exército, já que o programa é desenvolvido pelo Ministério da Defesa, e distância dos grandes centros urbanos.

Entre as atividades realizadas, voltadas para a melhoria da qualidade de vida das localidades, estão palestras sobre direitos do cidadão, mulheres, crianças e adolescentes, gincanas culturais, oficinas sobre construção de banheiros ecológicos, educação ambiental e descarte de óleo de cozinha.

Cidades contempladas em MS na edição 2018 do programa – Bandeirantes, Bodoquena, Corguinho, Corumbá e Ladário, Dois Irmãos do Burití, Jaraguarí, Miranda, Nioaque, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo e Terenos.

Para mais informações sobre o projeto Rondon é só acessar o site https://projetorondon.defesa.gov.br/portal/

Sintonize – Apresentado por Diana Gaúna, Anderson Barão e Bosco Martins, o Bom Dia Campo Grande vai ao ar das 7h às 8h na FM 104.7 Educativa, podendo ser acompanhado também pelo Portal da Educativa (na aba Ouça a rádio). Você pode participar do programa mandando mensagens, perguntas e sugestões pelo WhatsApp 99333-1047.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *