plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Bancos poderão bloquear transações suspeitas do Pix e deverão se responsabilizar por falhas  

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Pix é o meio de pagamento criado pelo Banco Central (BC) em que os recursos são transferidos entre contas em poucos segundos, a qualquer hora ou dia.

O Pix terá novas regras a partir de novembro. Os bancos poderão bloquear transações suspeitas por até 72 horas e serão obrigados a notificar em caso de suspeita de fraude.

O Banco Central afirma que as medidas entram em vigor no dia 16 de novembro — quando o Pix completa um ano de lançamento. Segundo o BC, esse prazo de bloqueio vai permitir que os bancos façam uma análise de fraude mais robusta, aumentando a probabilidade de recuperação dos recursos pelos usuários que foram vítimas de algum crime.

Outra medida importante é a responsabilização dos bancos pelas fraudes decorrentes de falhas nos seus próprios mecanismos de gerenciamento de riscos.  Os bancos também terão mais informações para ampliar seus mecanismos de prevenção a fraudes com Pix. A partir de novembro, as instituições ficam obrigadas a notificar infrações envolvendo o Pix. Até agora, essa funcionalidade era facultativa.

Também será criada uma nova funcionalidade que permitirá a consulta de informações vinculadas às chaves Pix para fins de segurança. Vale lembrar que as instituições financeiras têm até o dia 4 de outubro para estabelecer o limite de R$ 1 mil para transferências e pagamentos realizados por pessoas físicas das 20h às 6h. Pessoas jurídicas não serão atingidas com a medida.  O objetivo é reduzir a vulnerabilidade dos sistemas às ações de criminosos, como sequestros relâmpagos.

O limite poderá ser alterado a pedido do cliente, através dos canais de atendimento eletrônicos.

Saiba mais no Informe da repórter Maristela Cantadori

 

  • Mesmo com todas estas normas, o superintendente do Procon aqui no Mato Grosso do Sul, Marcelo Salomão, alerta que é preciso estar atento ao fazer transações financeiras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *