Ângelo Arruda ocupa a Cadeira do DJ com Água de Viver

Compartilhe:

Ângelo Arruda fala sobre o processo de gravação do álbum “Água de Viver”. (foto: Daniel Rockenbach)

Ângelo Arruda retornou hoje (15) à Cadeira do DJ para falar com Gilson e Celito Espíndola sobre seu mais novo projeto: o CD “Água de Viver”. O arquiteto que também investe na música lançará amanhã (16) o álbum no Sesc Morada dos Baís, 19h, em um evento com vários convidados mais que especiais.

Depois da aposentadoria como professor de Arquitetura na UFMS veio a mudança de Campo Grande para Florianópolis onde Ângelo acabou conhecendo os músicos da banda catarinense Dazaranha. Ângelo Arruda já tinha gosto pela música, algo que vinha do convívio com músicos do MS como os apresentadores do programa e outros grandes nomes como Geraldo Rocca, Guilherme Rondom, Almir Sater e outros tantos. Da nova amizade com o grupo catarinense e dos velhos amigos do MS, Ângelo tomou coragem e produziu seu mais recente trabalho, o álbum “Água de Viver”.

Ele já havia se aventurado como escritor com seu livro de poesias lançado ano passado, “A Invenção do Silêncio”, livro que foi tema de entrevista na Cadeira, inclusive! Da poesia para composição das canções foi um pulo. A reunião com novos e velhos amigos rendeu um álbum com canções de vários estilos: da polca rock ao chamamé e até um samba. Sobre essa diversidade, Ângelo pontuou – “Uma característica desse disco é a pluralidade musical. Essa mistura representa o que eu sou.”, conclui.

A apresentadora Lu Bigatão aproveitou para garantir ao vivo o CD. (foto: Daniel Rockenbach)

Com participação de 28 músicos profissionais entre instrumentistas e cantores, “Água de Viver” foi um projeto produzido por Otávio Neto e Gilson Espíndola e teve o apoio do Sesc e da Plaenge, algo que Ângelo ponderou como fundamental – “É essencial hoje em dia pras empresas linkar sua marca a projetos importantes, humanos.” A iniciativa começou com recursos próprios mas logo foi adotada pelo Sesc e pela Plaenge quando o projeto tomou forma. Sobre o paralelo entre a carreira como arquiteto com a música, Ângelo diz – “Fazer música e fazer arquitetura é muito parecido, eu vejo ambas caminhando paralelas no meu trabalho. Não se faz arquitetura nem música sem suor.”, ao que Celito comentou – “Suar e soar.”

O lançamento do álbum acontece na noite de quinta-feira (16), a partir das 19h, no Sesc Morada dos Baís. Entre os convidados estão os músicos que participaram da gravação do projeto e a promessa é de surpresas ao vivo com as canções do álbum que estará disponível para compra com direito a autógrafo de Ângelo. Sobre as 13 canções do CD “Água de Viver”, segue abaixo cada música e os interpretes:

1.ANA – Ângelo Arruda e Chicão Castro
2.UNIVERSO EM PEDAÇOS – Ângelo Arruda e Gilson Espíndola, Celito Espíndola e Joice Moreno
3.ÁGUA DE VIVER – Ângelo Arruda e Gilson Espíndola
4.FAZ TEMPO – Ângelo Arruda e Jerry Espíndola
5.PRA TE AMAR – Ângelo Arruda e Galvão, Maria Alice
6.ENCANTAMENTO – Ângelo Arruda e Antônio Porto, Antônio Porto
7.TUDO OU NADA – Ângelo Arruda, Ângelo Arruda
8.DOIS CORAÇÕES – Ângelo Arruda, Guilherme Rondon
9.SINAIS DE AMOR – Ângelo Arruda, Maria Cláudia e Marcos Mendes
10.NO TOM DO AMOR – Ângelo Arruda e Chico Martins, Guga Borba
11.AMIGOS E AMIGAS – Ângelo Arruda, Américo e Nando
12.TRILHOS E TRILHAS – Ângelo Arruda e Zé Du, Zé Du
BÔNUS TRACK – CIDADE MAR – Ângelo Arruda, Chico Martins e Moriel Costa

Sintonize – Apresentado por Gilson e Celito Espíndola, o programa Na Cadeira do DJ vai ao ar às segundas e quartas-feiras, das 10h30 às 11h30, na FM 104.7 Educativa podendo ser acompanhado também pelo Portal da Educativa (na aba Ouvir a Rádio).


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *