plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour
Pular para o conteúdo

Institucional

FM 104,7 [ AO VIVO ]

23 de julho de 2024 - 01:04

Anatel adia desligamento do sinal analógico em Campo Grande para 31 de outubro

Bosco Martins concedeu entrevista ao programa O Povo na TV para falar da migração para a TV digital e o trabalho realizado pela Fertel. (Foto: Maurício Borges)
Bosco Martins concedeu mais cedo entrevista ao programa O Povo na TV para falar da migração para a TV digital e o trabalho realizado pela Fertel. (Foto: Maurício Borges)

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) determinou hoje (13) que adiará para 31 de outubro o desligamento do sinal analógico em Campo Grande. A justificativa é que a capital sul-mato-grossense não atingiu o índice necessário de domicílios com sinal digital. A decisão foi anunciada horas depois da entrevista do diretor-presidente da Fertel, Bosco Martins, com o apresentador Tatá Marques, do programa O Povo na TV (SBT), para falar sobre a transição do analógico para o digital.

“A decisão do adiamento é em virtude da determinação da Anatel que um número mínimo de casas tenha o equipamento para receber o  sinal digital instalado, da nossa parte está tudo preparado, as questões técnicas, todas resolvidas, estamos prontos para começar a transmitir no digital quando o desligamento do analógico acontecer em outubro”. No Mato Grosso do Sul o sinal seria desligado em Campo Grande e em Terenos.

Bosco Martins e Tata Marques falam do desligamento analógico que agora foi adiado. (Foto: Maurício Borges)

O Gired (Grupo de Implantação do Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais de TV e RTV) determinou que o desligamento do sinal começará amanhã na maioria das capitais brasileiras e vai até 31 de outubro nos locais em que ainda não foi alcançada a meta de domicílios com sinal digital instalado. Além de Campo Grande, Rio Branco (AC) e Boa Vista (RR) também não atingiram o percentual estipulado. A pesquisa  realizada pelo Ibope Inteligência com 1078 pessoas em Campo Grande apontou que 89% das residências contam com sinal digital, valor abaixo da meta estabelecida pela Anatel.

Os beneficiários de programas sociais do Governo Federal (como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros) têm direito ao recebimento de um kit (composto de conversor, antena e controle remoto). Os beneficiários devem acessar a página do Seja Digital e agendar a retirada do kit ou se preferir ligar no 147 e posteriormente buscar seu kit no ponto de distribuição. A distribuição dos kits continua por mais 30 dias.

Aspectos técnicos da transmissão digital já foram concluídos, agora falta aguardar a nova data para o desligamento do sinal analógico. (Foto: Pedro Amaral)

A digitalização da TV aberta permitirá que os telespectadores assistam aos seus programas com mais qualidade de som e imagem, além de trazer outras vantagens, como suporte à recepção móvel, multiprogramação e interatividade.

Em Mato Grosso do Sul, 135 mil kits devem ser entregues e, de acordo com a assessoria do Seja Digital, cerca de 122 mil já foram retirados. A retirada dos Kits pelas famílias beneficiadas pode ser agendada pelo site sejadigital.com.br ou por meio do telefone 147. Durante o atendimento é solicitado o NIS (Número de Identificação Social).

 

Entrevista concedida pelo diretor-presidente da Fertel, Bosco Martins, ao apresentador Tatá Marques, do programa O Povo na TV (SBT)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *