plan cul gratuit - plan cul toulouse - voyance gratuite amour

Ampliação triplica capacidade de atendimento de hospital em Jardim

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

Entregue nesta quinta-feira (30.7) pelos secretários Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Geraldo Resende (Saúde), a ampliação do Hospital Marechal Rondon, em Jardim, vai triplicar a capacidade de atendimento da unidade – que poderá expandir os serviços para a microrregião da saúde.

A informação é do presidente do hospital, Elcio de Barros Galícia. “O prédio novo trouxe o Hospital Marechal Rondon do século XX para o século XXI. Nós ainda estávamos lá atrás em instalações. Com o apoio inegável do nosso prefeito e do governador, que compraram a nossa ideia, resistindo até outras que no momento não eram mais adequadas, nos propiciaram a chegar a essa parte aqui. Uma instalação nova, moderna, que vai propiciar um acolhimento muito bom aos nossos pacientes e uma condição de trabalho melhor aos nossos profissionais. Une o trabalho científico-profissional à necessidade de população”, disse o dirigente.

Segundo ele, somente no ambulatório são cerca de 3 mil a 3,2 mil atendimentos mensais no Marechal Rondon. O investimento na ampliação foi de R$ 4,166 milhões, além de repasse de R$ 714 mil para locação dos equipamentos e a assinatura de um convênio de R$ 1 milhão para a aquisição de equipamentos e mobílias.

Geraldo Resende entrega ampliação do hospital ao lado de Eduardo Riedel

De acordo com o secretário Geraldo Resende, o dinheiro do convênio para equipar o hospital será repassado em até 30 dias. “É uma determinação do governador Reinaldo Azambuja de que nenhuma obra de hospital seja inaugurada sem que esteja equipada para entrar em funcionamento”, explicou. Ele também destacou que o investimento faz parte da regionalização da saúde, reduz o fluxo de pacientes para a Capital e aproxima a população dos atendimentos.

O secretário Eduardo Riedel destacou a importância da regionalização da Saúde e as medidas tomadas pelo governo para combater a proliferação do novo coronavírus por meio de uma gestão transparente. “Apesar de toda a dificuldade, essa página vamos virar. Mato Grosso do Sul tem obtido os menores indicadores [de contágio e morte]. Vamos dar continuidade naquilo que nos proporcionamos a fazer. A Covid não vai nos parar. Um objetivo é informar. Mato Grosso do Sul é o segundo mais transparente do Brasil com relação a Covid. Isso é tranquilidade, é calma. Não é só dizer o que é bom, mas dizer o que é. Isso o Geraldo [Resende] tem feito muito bem com a equipe de saúde”, afirmou.

O hospital novo é seis vezes maior que o antigo e as UTIs devem começar a funcionar na semana que vem. Em um breve discurso, o prefeito Guilherme Monteiro fez questão de agradecer os investimentos. “Secretário Eduardo, leve o nosso agradecimento ao governador por esse sonho que se torna realidade. Se Deus quiser em breve vamos dar início a sala de hemodiálise. Agradeço também ao Geraldo Resende e ao nosso presidente Jair Bolsonaro que empenhou recursos aqui”, disse.

Hospital terá seis novos leitos de UTI

Paulo Fernandes e Bruno Chaves, Subcom

Fotos: Edemir Rodrigues

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.