Rádio e TV Educativa de MS

‘Agora o Brasil precisa andar’

0

* Por João Carlos Silva

Após a vitória de Michel Temer ( já esperada ) no Plenário da Câmara dos Deputados derrubando a possibilidade de ser processado pelo STF , a república brasileira sente o olfato da terra para caminhar ao horizonte lá na frente. Vencida essa batalha onde os pedidos dos aliados e de alguns não aliados foram atendidos com generosidade, Michel Temer precisa cumprir sua agenda republicana para fazer o Brasil caminhar de uma vez por todas. O congresso nacional colocou na pauta diversos assuntos que estão sendo debatidos pela sociedade como a reforma tributária e eleitoral. Sem cumprir essas tarefas dificilmente Michel Temer vai melhorar seu índice de popularidade, extremamente ruim atualmente.

O Brasil entrou num beco sem fim tamanha enormidade de denúncias envolvendo a classe política. Delações e mais delações são os componentes básicos da vida naciona l nos dias atuais. Ninguém sabe quando isso terá fim e quem vai sobrar dessa lista de inúmeros empresários , gestores públicos e parlamentares. Quem sobrar não terá histórias interessantes para contar muito menos disposição para disputas eleitorais futuras. Nomes novos já começam se mexer no tabuleiro do xadrez eleitoral. Muitos acreditando que o mandato de Michel Temer lograra exito até o seu final contemplando assim aspirações do PMDB para 2018.

A economia nacional respira com dificuldades tendo perto do seu leito hospitalar uma equipe médica cujo chefe tem a caneta e o prestigio internacional nas mãos. Henrique Meirelles era o homem que Lula queria no governo Dilma e ela não deu a minima. Temer não dormiu de touca e o chamou para comandar a economia e foi o ponto que acabou dando certo pois o mesmo reflete segurança, autoridade e pres tigio. O agronegócio caminha em passos rápidos deixando nos cofres um volume acentuado de recursos. É o setor que combina com o Brasil . O agronegócio , apesar de estar arrochado pela alta taxe de juros e valor altíssimo de encargos sociais, consegue sobreviver sem ão de oxigênio ao lado.

A classe política que caminha ao lado do presidente Michel Temer precisa mais do que nunca ouvir a voz das ruas e entender o que o povo quer. Todos desejam a volta aquecida da economia, do resgate do emprego e da varredura da corrupção em todos os níveis. Atingir uma meta confiável nos números de resultados de investimentos faz parte de uma agenda séria para o Brasil. Cumprir toda escala de promessas desde que assumiu o mandato vai fazer com que a república de Michel Temer seja mais brasileira do que nunca. O poder público precisa enxergar isso nos olhos do povo brasileiro cansado de tantas aberrações .

Para o Brasil entrar nos trilhos do crescimento será preciso muita força de vontade de quem está na política nesse momento. Apressar votações de matérias importantes fará com que o Congresso Nacional tenha um novo olhar da população. Será a maioridade do político com mandato. São eles que precisam mostrar para o povo brasileiro que a pátria é uma só. Michel Temer tem ao seu lado a tropa de choque dos congressistas e tem que usar essa força para a retomada do crescimento. Temer distribuiu o que pode aos estados para atender seus aliados. Agora é cobrar para que esses recursos são bem aplicados de maneira que a população seja a beneficiada. Tolerar um Brasil estático e paralisado é que não se pode mais aceitar.

Ou a nação avança ou quem avança sobre ela será a nuvem da incerteza e da intolerância. Como o Brasil é um celeiro de oportunidades é chegada a hora de todos irem para as ruas acreditando de que dias melhores estão por vir sejam eles com ou sem a classe política onde muitos dos seus componentes já estão totalmente chamuscados.

*João Carlos Silva é consultor e Articulista.

Deixe sua resposta

Seu endereço de email não será publicado.