Rádio e TV Educativa de MS

Abertas inscrições para nova turma ao curso de guarani no Consulado do Paraguai

0

Estão abertas no Consulado do Paraguai em Campo Grande inscrições para novo ciclo de estudos da língua guarani. Desde a inauguração do serviço, em agosto do ano passado, já foram realizadas três etapas. O curso é promovido pelo Consulado do Paraguai junto com o Instituto Chamamé, Guarânia e Polca Paraguaia MS e apoio do Governo do Estado, por meio da Rádio e TV Educativa (RTVE).

As aulas começam no dia 1º de agosto e serão ministradas na sede do Consultado, na Rua Marechal Rondon, 1.945 – centro, entre as ruas Rui Barbosa e Pedro Celestino. São dois turnos: vespertino, às segundas e quintas-feiras, no horário das 15h às 17h, e noturno, às terças e quintas-feiras, das 19h às 21h.

Orivaldo Mengual

Orivaldo Mengual

O curso básico do idioma, que é falado por mais de 10 milhões de pessoas na América do Sul, entre população indígena e não indígena, é inédito em Mato Grosso do Sul, um dos Estados do Brasil com maior população indígena e extensa fronteira com a Bolívia e Paraguai.

O projeto, idealizado pelo radialista da Educativa FM Orivaldo Mengual há mais de 15 anos, foi viabilizado pelo cônsul ministro Angel Adrian Gill Lesme, que comemora o êxito da iniciativa e destaca a grande receptividade e adesão por parte da população, tanto paraguaia e seus descendentes quanto pelos brasileiros.

O cônsul Angel Adrian diz que curso de guarani busca a integração social e cultural. Segundo ele, o curso abre as portas do conhecimento e estreita as relações entre brasileiros e paraguaios com a afirmação da afinidade cultural da população de Mato Grosso do Sul com os paraguaios, bolivianos e povos indígenas.

Aulas são ministradas na sede da representação diplomática do Paraguai em Campo Grande

Aulas são ministradas na sede da representação diplomática do Paraguai em Campo Grande

O cônsul lembra que já existe uma integração por meio da música, da culinária e das atividades sociais e a incorporação da língua guarani na conversação entre os povos se dá naturalmente, daí a necessidade de aperfeiçoar a interação cultural, por meio do estudo da língua e não apenas dos usos e costumes.

Mato Grosso do Sul tem uma enorme colônia de paraguaios e descendentes e a afinidade com a cultura guarani é tão grande que o tereré foi declarado bem imaterial do Estado. Além da população indígena, o idioma guarani é falado por 90% das populações do Paraguai e da Bolívia. Há 20 cidades em Mato Grosso do Sul denominadas pela língua guarani, como Tacuru, Caarapó, Corumbá, Aquidauana, Iguatemi e assim por diante, sem contar os nomes de distritos, ruas e prédios públicos. Em Tacuru há dois idiomas oficiais – português e guarani.

De acordo com Angel Adrian, a partir do curso básico, o aluno pode se inscrever em curso de licenciatura em universidade paraguaia. Nosso sonho é que Mato Grosso do Sul tenha dois idiomas oficiais”, diz Orivaldo Mengual, um dos precursores da integração cultural Brasil-Paraguai-Argentina.

De acordo com a professora Idalina Maciel Leon, formada pelo Instituto Ateneu, o aprendizado da língua guarani é importante do ponto de vista social, cultural e político, considerando que é um idioma oficial do Mercosul e amplia os conhecimentos para a compreensão da cultura dos povos paraguaio, boliviano e indígena.

Com duração de quatro meses e carga de 100 horas/aula, o curso tem conteúdo programático e engloba fundamentos gramaticais, redação e conversação, possibilitando ao aluno conhecimentos básicos do idioma guarani

Mais Informações: www.chamamems.com.br – 9.9927-5144 e 3384-6610

 

Deixe sua resposta

Seu endereço de email não será publicado.