A homenagem à um ícone da história brasileira

Compartilhe:

Não é de se estranhar que muitos procurem, no calendário anual, os feriados locais ou nacionais, sem se preocuparem com o motivo da celebração, mas sim com a possibilidade de descansar das atribulações do trabalho diário.

Só que, algumas vezes, a data comemorativa pode cair em um final de semana, como será o caso do feriado de 21 de abril, um sábado no calendário de 2018. E por que o dia 21 é feriado?

A data é uma homenagem a Tiradentes, o apelido atribuído a Joaquim José da Silva Xavier, um dos líderes da Inconfidência Mineira, condenado à morte por causa do movimento. A Inconfidência foi uma revolta contra o governo de Visconde de Barbacena, Governador da Capitania de Minas Gerais, nomeado pela Coroa Portuguesa, e o Império Português por causa da constante retirada das riquezas da região por meio de impostos excessivos.

Minas Gerais era o centro da atividade mineradora do Brasil no século XVII. A Coroa Portuguesa cobrava na época o “quinto”, o equivalente a cerca de 20%, do total do ouro extraído na Capitania de Minas Gerais.

Ocorre que a partir da década de 1760 a extração do ouro regrediu consideravelmente, mas não o valor do imposto. A taxa do quinto continuou a ser exigida dos mineradores locais, e para compensar a defasagem de recolhimento do tributo, a coroa portuguesa instituiu a “derrama”.

A nova determinação obrigava os mineradores a cobrirem com suas posses o que faltava para pagar o quinto. A conspiração dos inconfidentes começou a ser preparada em 1788 em resposta a esta situação.

A revolta foi descoberta com a confissão de um dos inconfidentes, José Silvério dos Reis. Em abril de 1792 Tiradentes foi enforcado, decapitado e esquartejado para que os súditos da Coroa não se esquecessem da lição.

A trajetória política e o fim trágico de Tiradentes o tornaram um ícone da liberdade e da independência do Brasil, um verdadeiro herói da nação. Essa imagem foi reforçada na pintura e em monumentos (como o que o retrata na cidade de Ouro Preto).

A lei nº 4.897, de dezembro de 1965, definiu o dia 21 de abril como feriado nacional, e conferiu a Tiradentes o título de Patrono da Nação Brasileira.

 

 

 

 


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *