4º FESDOM terá shows gratuitos nesta sexta-feira e domingo em Dourados

Compartilhe:

Na lista de artistas revisitados pelo Santo Chico estão Adoniran Barbosa, Martinho da Vila, Waly Salomão, Otto e até Rihanna. Tudo harmonizado às bases e riffs do rock clássico e contemporâneo

O Santo Chico fará o sarau de abertura da 4ª edição do Festival Douradense de Música (FESDOM), nesta sexta-feira (21), às 21h, no Sucata Cultural (Rua Onofre Pereira de Matos, 815, Centro de Dourados). A entrada é gratuita e a realização é da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

A programação do Festival ocorrerá a cada final de semana, até 12 de agosto. Por isso, ainda neste domingo (23) acontecerá a apresentação do clube de samba Saudosa Clotilde (São Paulo), às 20h, no Teatro Municipal.

As rodas de samba da “Saudosa Clotilde” reúnem a velha guarda, os casais enamorados, dançarinos, artistas, parangolés e patrões, apaixonados pelo Samba tradicional em geral, num clima íntimo e descontraído

Também serão promovidas oficinas para formação musical em instrumentos de sopro, percussão, regência, improvisação, educação musical, harmonia e arranjo. A novidade este ano será o workshop de “Coaching voltado para a carreira de músico”, onde os participantes terão contato com técnicas e conteúdos que auxiliarão na inscrição de projetos e na administração da própria carreira. Cada workshop acontece em apenas um dia, já as oficinas têm duração de 3 a 5 dias, dependendo da opção escolhida.

O FESDOM é uma realização da Universidade Federal da Grande Dourados, com investimento do Fundo de Investimentos Culturais do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, além das parcerias com a Secretaria de Cultura do Município de Dourados, Casa de Cultura da Universidade do Estado de Mato Grosso do Sul e do Casulo Espaço de Cultura e Arte e Sucata Cultural. Para ficar por dentro de toda a programação e fazer inscrição em um dos workshops e oficinas, acesse o site https://www.fesdom.com/.

OUTRAS INFORMAÇÕES

O SANTO CHICO
O nome da banda nada mais é do que uma relação com o bairro de Campo Grande (MS) onde surgiu – o São Francisco. E também remete à simplicidade, à música interiorana do País, a um nome comum pra essas bandas e à brasilidade do repertório. Na lista de artistas revisitados pelo Santo Chico estão Adoniran Barbosa, Martinho da Vila, Waly Salomão, Otto e até Rihanna. Tudo harmonizado às bases e riffs do rock clássico e contemporâneo.

CLUBE DE SAMBA SAUDOSA CLOTILDE DO BRASIL
O nome faz referência à Clotilde, uma galinha muito querida nos arredores da Unicamp e que, por um acaso do destino ou por fome alheia, virou canja. Com repertório recheado de composições autorais e de grandes bambas do samba nacional, tais como Noel, Dorival, Paulo Cesar Pinheiro, Geraldo Filme, Adoniran, Clara Nunes, Dona Ivone Lara e outros, as rodas de samba da “Saudosa” reúnem a velha guarda, os casais enamorados, dançarinos, artistas, parangolés e patrões, apaixonados pelo Samba tradicional em geral, num clima íntimo e descontraído.

AGENDA DE SHOWS

21 julho, às 21h, “O Santo Chico” (Campo Grande), na Sucata Cultural

23 jullho, às 20h, Saudosa Clotilde (São Paulo), no Teatro Municipal

28 julho, às 20h, Rubacão Jazz (Paraíba), no Teatro Municipal

29 julho, às 20h, Oz Brass (São Paulo), no Teatro Municipal

30 julho, às 20h, Camerata UFMS – Cordas, no Teatro Municipal

04 agosto, às 20h, DouraJazz (Dourados), no Teatro Municipal

05 agosto, às 20h, Musi’Art (Rio Grande do Sul) | Participação especial: Camerata Douradense, no Teatro Municipal

06 agosto, às 20h, Luz, Poesia e Tambor (Campo Grande/MS), no Teatro Municipal

08 agosto, às 18h, Confraria do Choro & Casa de Cultura UEMS, na Feira Agroecológica do Parque dos Ipês

11 agosto, às 20h, Quinteto Maringá (Paraná), no Teatro Municipal

12 de agosto, às 16h, Grupo Calangatuke (Dourados), na Feira Central

12 de agosto, às 20h, Orquestra UFGD (Dourados), no Teatro Municipal


Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *